DT em BH

Por Eler    Em April 11th, 2012    Seja o primeiro a comentar!

Pessoas, nao percam dois eventos de design thinking em BH nesta semana:

“A próxima edição do projeto Estação Pátio Savassi debate o tema “É essencial o Pensamento Criativo e inovação Social”, abordado por Eduardo Loureiro e Emma Jefferies. Quinta-feira, 12 de abril, às 19h 30, no anfiteatro (L2) do Shopping Pátio Savassi. Entrada franca. ”

E

Dias 14 e 15 de abril, sábado e domingo, o Cento e Quatro abrigará o workshop Design Thinking em que será abordado o pensamento estratégico e método para realizar mudanças de grande impacto. A facilitadora será Emma Jefferies, PhD em Design pela Northumbria University. Emma criou os projetos International Design Walkabout e Design Doctor com o objetivo de pesquisar como as pessoas pensam, se desenvolvem e interagem umas com as outras. É uma premiada pesquisadora, cineasta, escritora e educadora. Fonte Sou bh

Compartilhe!



Comente!

Seja o primeiro a comentar!

Competências para o futuro: design mindset

Por Eler    Em April 11th, 2012    4 comentários

Você pensa como um designer? Seus filhos estao sendo educados no Mindset da economia criativa ou no Mindset da economia industrial? Em 2020, que competências as pessoas precisarão ter para se destacar no mercado?

Vejam este excelente estudo sobre as competências do “futuro”,
um dos meus assuntos preferidos ;)

Destaque para SENSE MAKING, CROSS CULTURAL SKILL e Design Mindset. Meu deu mais vontade ainda de trabalhar com políticas publicas na educação ;)

Por enqto, sigo ajudando lideres e empresários a fazerem a transição
Para este modelo mental. O Isvor tem sido um ótimo laboratório para isso e os resultados começam a impactar a Fiat SA. Esta experiência
de introduzir o DT no setor automotivo nao tem preço.

Ano passado trabalhei com empresários de TI, pelo SEBRAE. Embora
Historicamente TI faca parte da Era da Informação, da Era digital, o Mindset continua industrial (FABRICA DE SOFTWARE). Nao foi muito diferente o que trabalhar com engenheiros. Porém, lidar com empresários sim! DT precisa ser apresentado as micro e pequenas empresas om urgência. As start ups ja comecam a reconhecer a importância de um sócio designer no negocio. Muito perspicaz pensarem assim. Bom para os designers que querem ir além do trabalho tático e operacional. Pena que grande parte dos designers sofram de miopia ( ou seria cegueira) qto suas próprias competências. E que outros estejam ocupados demais com seus umbigos pra enxergarem outras perspectivas, ou mesmo formatados pelo sistema industrial que deu origem a sua profissão.

Felizmente, em um futuro próximo, o design mindset nao sera privilegio de designers. Trabalho para antecipar este futuro.

Bom, curtam o pdf

Future Work Skills 2020

In researching this topic, Apollo Research Institute drew upon foundational forecasts made by the Institute for the Future in areas as diverse as education, technology, demographics, work, and health. This content was enriched and vetted at a workshop that brought together experts from a wide range of disciplines and professional backgrounds. During this workshop we engaged experts in a number of group exercises to think through key drivers of change and how these will impact workplace skill requirements.

Key Findings
We chose to highlight six drivers—big, disruptive shifts that are likely to reshape the landscape for organizations and workers. Although each driver is in itself important when thinking about the future, it is the confluence of several drivers working together that produces true disruptions. We then identified 10 skills that we believe will be vital for success in the workforce:

Sense-making: ability to determine the deeper meaning or significance of what is being expressed

Social intelligence: ability to connect to others in a deep and direct way, to sense and stimulate reactions and desired interactions

Novel and adaptive thinking: proficiency at thinking and coming up with solutions and responses beyond that which is rote or rule-based

Cross-cultural competency: ability to operate in different cultural settings

Computational thinking: ability to translate vast amounts of data into abstract concepts and to understand data-based reasoning

New media literacy: ability to critically assess and develop content that uses new media forms, and to leverage these media for persuasive communication

Transdisciplinarity: literacy in and ability to understand concepts across multiple disciplines

Design mindset: ability to represent and develop tasks and work processes for desired outcomes

Cognitive load management: ability to discriminate and filter information for importance, and to understand how to maximize cognitive functioning using a variety of tools and techniques

Virtual collaboration: ability to work productively, drive engagement, and demonstrate presence as a member of a virtual team

 

Compartilhe!



Comente!

4 comentários. Comente também!

O que faz um Design Strategist?

Por Eler    Em April 8th, 2012    Seja o primeiro a comentar!

Um vídeo muito didático sobre a diferenca entre ser um designer clássico e ser um estrategista.
Basicamente, a diferença está no nível do impacto das decisoes tomadas.

O Estrategista atua no “O QUE” e o designer clásssico no “COMO”.
Ambos sao muito importantes e complementares.

Mas atuar como estrategista exige que o designer adquira muitas competências que NÃO são abordadas nos cursos de design. ;)

So, “What Should We Do Next?” é a pergunta que tem levado empresas a contratar Design Strategists, como eu. Enjoy it!

Eu gosto desta definicao:

A strategist is responsible for conceptually and holistically thinking of a future direction based on incomplete information. Rui Martins, Director

Ou seja, voltamos a 02 post atras: Visao e persuasao sao essenciais para alguem suceder como estrategista.

Compartilhe!



Comente!

Seja o primeiro a comentar!

Design thinking no Facebook

Por Eler    Em April 8th, 2012    Seja o primeiro a comentar!

No Facebook, designers sao reconhecidos como estrategistas, VEJAM:

 

http://www.fastcodesign.com/1669445/how-facebook-finds-the-best-design-talent-and-keeps-them-happy

“Design is more strategic than ever,” Aronowitz says. “Designers who come to Facebook have a massive scale of audience and a pretty big impact.”

 

When the designers they hire are particularly good–when the company believes in their own unique genius–the company gives them free reign to come up with their own portfolio. When Matas joined Facebook last year with his Push Pop cofounder Kimon Tsinteris, for example, the two were given an office and told to think about what new features and products they thought Facebook should be doing next.

“If you can hire people that are good,” Cox explains, “you’re crazy to not give them the chance to set up the definition of what they’re doing.”

And not to keep them close. Both Zuckerberg and Cox spend the bulk their days in product meetings, working cheek-by-jowl with designers and product managers, hammering out the company’s next feature sets.

In the old Palo Alto campus, the company’s designers were parked in the same giant, open-plan room where Zuckerberg, Cox, and the company’s other top executives sat. The new Menlo Park campus has nine buildings and room for 3,200 people. And still, the designers were put not just in the same building, but on the same floor–just one open-plan space over–as Zuckerberg and Cox, all of which facilitates the impromptu executive-designer desk-side conversations and hallway conferences that employees say is one of the keys to the company moving fast and generating breakthrough ideas.

“Design is more strategic than ever,” Aronowitz says. “Designers who come to Facebook have a massive scale of audience and a pretty big impact.”

Compartilhe!



Comente!

Seja o primeiro a comentar!

2012 é o ano do Design Thinking no Brasil

Por Eler    Em April 5th, 2012    3 comentários

Denise Eler

Criar seu atalho

Queridos,

Este post é sobre eventos e grandes nomes do Design Thinking.
Pessoas de peso que estão ajudando empresas a adotar o design mindset.

Dia 15/05, Roberto Verganti estará em SP.
Considero Verganti um dos nomes mais importantes do Design Thinking.
Enquanto as empresas tem focado no Human Centred Design para geração
de insights para inovação, Roberto traz outra perspectiva: a importância
da visão. Designer, líderes, empresários tem de ter visão.
Vale a pena ler o DESIGN DRIVEN INNOVATION

Obviamente ele nao nega a importancia da pesquisa, mas critica o peso e a esperança sem fundamento que as pessoas tem nestas abordagens.

Mas para ter visao e convencer os outros dela, ai ai, é preciso ter repertorio, feeling, persuasao e muita coragem. É muito mais facil apostar em ideias apoiadas em fatos, apoiadas em evidencias.
Mas… e qdo as coisas nao sao tao evidentes asssim? É por isso que se chama visão.
Este é um ponto muito crítico que tem sido evitado nas discussoes sobre inovacao e processos criativos,
porque é mesmo um ponto obscuro do processo.

“Market? What market!
We do not look at market needs.
We make proposals to people …”
Ernesto Gismondi
Chairman, Artemide

Eu experimentei isso nesta semana. Meu grupo estava fazendo uma proposta disruptiva de plataforma de servicos e os demais estavam preferindo criar para uma plataforma existente. Quando vc propoe algo assim se sente sozinho. A única coisa que te mantem de pé é sua visão e o desafio é conseguir persuadir mais pessoas, ajudar outros verem o que vc vê. Bem, é complicado, mas o consolo é que quando vc prova estar certo, as pessoas questionam menos, porque no fim das contas, felizmente, o que importa é o resultado.
Por isso os visionários atraem talentos: Jobs, eleito um dos piores chefes de todos os tempos, atraia todo tipo de talento.

As empresas deveriam investir mais recursos para descobrir seus visionários. Muitas vezes ninguem os nota porque ele tem A VISÃO, mas estão amordaçados nos silos da cultura industrial.

Bem, os outros Speakers, Thinkers que estarao no Brasil sao:

J. Maeda (ainda nao posso dizer qdo, nem onde)
Don Norman em dezembro no IXDsa, em SP
Roger Martin, em SP, no HSM Expomanagement

E o Verganti vem a Fiat também ;)

Beijos, queridos! Boa Pascoa. Menos chocolate e mais do amor de Jesus nas nossas vidas.

D.

Compartilhe!



Comente!

3 comentários. Comente também!